BEMFAMYouth.jpg

Fortalecimento da mulher é caminho para sustentabilidade, mostra projeto em favela do Rio

Deutsche Welle | 20-06-2012

A favela da Cachoeirinha, no Rio de Janeiro, não tem uma realidade diferente de outras regiões pobres do Brasil. Seus 37 mil habitantes convivem com falta de infraestrutura, violência e baixo nível educacional. A área ainda é dominada pelo narcotráfico. Na entrada da comunidade, sofás velhos inibem a passagem de carros e pessoas desconhecidas dos moradores. A vigilância é feita do alto pelos traficantes.

Mas uma coisa mudou nos últimos dez anos. O índice de adolescentes grávidas na Cachoeirinha caiu de 25% para 16%.Há uma década, a ONG Bemfam, (Bem-estar Familiar no Brasil) iniciou um projeto com jovens entre 13 e 21 anos para ajudá-las a evitar uma gravidez indesejada. Além do atendimento médico, a entidade mantém oficinas com moradores para promover os direitos sexuais e reprodutivos.

LEA MAS

Suscríbase

 

FacebookTwitterlinked ingoogleYoutubeVimeoPinterestRssRss